Meus 5 livros de moda favoritos

Meus 5 livros de moda favoritos

Cultura ler o post completo
5 aplicativos essenciais para viajantes

5 aplicativos essenciais para viajantes

Viagem ler o post completo
Netflix: usando mais e melhor

Netflix: usando mais e melhor

Cultura ler o post completo

Viagem

Moda & Beleza

Carreira & Finanças

Posts arquivados em: Tag: América do Sul

5 passeios para fazer sozinho em São Paulo

19 de abril de 2017

Morar em São Paulo tem inúmeras vantagens: os melhores cinemas, shows de rock, gastronomia diversificada e até, quem sabe, fazer cada uma dessas coisas sozinho! Eu desde nova costumo fazer muitas das minhas coisas sozinhas, afinal, ninguém é obrigada a ver filme argentino ou ser esmagado junto comigo numa grade de show!

Pensando em tudo isso e nos meus lugares favoritos em São Paulo, resolvi separar 5 que são perfeitos para aqueles momentos que queremos somente a nossa própria companhia. E existe companhia melhor?

Cine Café Felline

Daqueles lugares deliciosos e inspiradores! O Cine Itaú da Rua Augusta é um dos meus favoritos, principalmente o que fica no número 1470, pois é lá que está o Café Felline. Um ótimo local para aqueles dias em que queremos uma comida saborosa, um café e claro, curtir uma tarde no cinema.

Ir ao centro da cidade

Sou uma eterna apaixonada pelo centro de São Paulo. É sujo, está mal cuidado, mas ainda é possível encontrar a beleza. Aproveite para conhecer o CCBB, subir no topo do Edifício Altino Arantes e ver São Paulo MUITO de cima, tomar um cafe no Pateo do Collegio. E quando o assunto é comida, opções não faltam: Bar da Dona Onça que fica no Copan, Café Girondino que fica em frente ao Mosteiro de São Bento ou ir até o Paribar que é cheio de clássicos de boteco!

Exposição no Masp

Aproveite para visitar o acervo do MASP e conferir a exposição atual. É sempre incrível entrar no prédio projetado por Lina Bo Bardi e um símbolo do modernismo. Se tiver tempo, almoce no local, ou aproveite para ir até o Mirante 9 de julho, que fica atrás do museu.

Os Mercados Municipais

São Paulo tem diversos Mercado Municipais espalhados pelos bairros. O do centro da cidade é tradicional, com ótimas opções para quem quer comprar peixe e carne frescas, frutas de diversas partes do país e claro, experimentar um sanduíche de mortadela ou quem sabe um pastel de bacalhau. Além disso, o local tem uma arquitetura belíssima, com lindos vitrais! O de Pinheiros, reformado à pouco tempo, ganhou incríveis opções gastronômicas como o Mocotó e a Comedoria Gonzalés, vale a ida!

Curtir os festivais

São Paulo tem todos os tipos de festivais do mundo: de música como o Lollapalloza até os de gastronomia e cinema. Vale ficar de olho na programação de tudo o que acontece na cidade, é fácil encontrar algo que você goste e estar rolando um festival disso. Gosto muitos dos de cinema – indico o Mostra de SP e o Festival de Cinema Francês. E claro, o Memorial da América Latina tem festival de algum tipo de comida praticamente todo final de semana. E vale a ida!

São Paulo é multicultural, tem espaços incríveis, de parques até museus. O que não falta são programas para se fazer sozinho, basta querer ir! Escolha o seu!

 

0 comentários

Aproveitando os feriados de 2017 em São Paulo

16 de janeiro de 2017

Fazia tempos que não tínhamos um ano com tantos feriados prolongados! Ao todo são 10 feriados que deixarão o final de semana mais longo, e claro, com possibilidade de aproveitar esse tempo extra para viagens e até conhecer melhor a cidade!

Aproveitando São Paulo nos feriados de 2017

Tenha novas experiências!

Escapar no final de semana é maravilhoso, mas conseguir aproveitar os feriados de 4 dias é ainda melhor! Em volta de grandes cidades sempre temos aqueles lugares que valem a pena a visita, principalmente pelas experiências que oferecem. No meu caso, sendo de São Paulo, existem diversas alternativas.

Lavandário – Cunha/SP

À cerca de 220km de São Paulo, fica Cunha, uma cidade entre o Vale do Paraíba e o Litoral. E o que poucos sabem, é que lá existem campos de plantação orgânica de Lavandula Dentata, além de mais outras espécies de lavanda, e que fica florido durante o ano todo.

O local é dedicado a pesquisa, cultivo e preservação, além do desenvolvimento de produtos e destilação do óleo essencial. É possível fazer um passeio pelo espaço, conhecendo mais da história da lavanda, suas propriedades, e até plantar mudas, fazer a poda e acompanhar o processo de destilação.

Verifique os dias em que o Lavandário está aberto e os valores.

http://www.lavandario.com.br/

Balonismo – Boituva/SP

Quem nunca quis voar de balão? O passeio é bem conhecido no interior de SP, onde é preciso chegar bem cedo, as 6h, para ver tudo, do balão sendo inflado, até estar lá em cima para ver o nascer do sol.

Não é dos passeios mais baratos, por isso vale pesquisar todas as empresas da região que disponibilizam o passeio. Mas de uma coisa temos certeza: é inesquecível!

Templo Zu Lai – Cotia/SP

Para quem quer um dia diferente, vale ir até Cotia e conhecer o templo budista Zu Lai. Fui há alguns anos atrás e é maravilhoso, vale para acompanhar as cerimônias, ver o lago e as estátuas e também aproveitar para um almoço leve.

Eles tem programação durante o ano todo, por isso é importante verificar tudo no site antes de sair de casa, assim dá para planejar a melhor época para ir!

http://www.templozulai.org.br/

Conhecendo a cidade!

Será que a gente conhece mesmo nossa cidade? Na correria do dia-a-dia deixamos muita coisa passar e nem percebemos, por isso, nada melhor do que aproveitar os dias extras para olhar com calma cada cantinho!

Instituto Butantan

Fui algumas vezes quando criança e sempre repito pra mim mesma que preciso voltar lá! Para quem não conhece, o Instituto Butantan é o principal produtor de imunobiológicos do Brasil, e responsável pela maior parte da produção nacional de soros hiperimunes e também de antígenos vacinais, em outros palavras vacinas e soros dos mais diversos tipos.

Lá é possível visitar os museus – Emílio Ribas, Biológico, Microbiologia e Histório, bem como o serpentário, reptiliário e macacário. O local é enorme e fascinante! Dá para entender melhor as pesquisas, como tudo funciona, um passeio imperdível! Além disso, vale ficar de olho na programação, que inclusive conta com cursos.

http://www.butantan.gov.br/

Cinemateca Brasileira

Um dos lugares que moram no meu coração! Amo cinema e esse é de longe um lugar que merece a visita. O local é responsável por preservar a produção audiovisual brasileira e o espaço já passou por maus momentos, de redução de incentivo financeiro à incêndios.

Lá é possível ver clássicos do cinema (fique de olho na programação!), fazer piquenique na área aberta, consultar a biblioteca, um programa e tanto para os cinéfilos! Ah, e fique de olho para saber quando acontecem os festivais, como a Mostra Internacional de Cinema e Festival Internacional de Curta Metragens!

http://www.cinemateca.gov.br/

Planetário

Ah, o planetário! Tive a imensa sorte de ir algumas vezes com a escola! Acho que foi ali que começou meu fascínio pelo céu, astros, planetas e claro, ficção científica, porque não?

O Planetário Ibirapuera Prof. Aristóteles Orsini, é o primeiro do Brasil, construído em 1957, o prédio é patrimônio histórico, científico e cultural, e por incrível que parece, conheço muita gente que nem sabe de sua existência!

O acesso é gratuíto e a senha deve ser retirada com 1h de antecedência, e a sessão tem cerca de 40min e é maravilhosa! Vale ficar de olho nas novidades e inclusive, saber mais sobre a Escola de Astrofísica que também fica no Parque do Ibirapuera.

Bateu a fome?

O que seria de São Paulo sem as comidas tão tradicionais? Seja no mercadão, nas cantinas do Bixiga ou no sanduíche de pernil do Estadão, por toda cidade é possível encontrar especialidades!

Canoli no Juventus

Não conheço ninguém que não ame os cannolis feito pelo Seu Antônio, e que são vendidos na Rua Javari, em frente ao Juventus, lá na Moóca! Vale a pena ir dar um passeio pelo tradicional bairro e dar um pulinho para experimentar essa maravilha!

Bauru Tradicional

Se você acha que o bauru tradicional é aquele pão com queijo e presunto, está completamente enganado! O tradicional feito no pão francês e que leva fatias finas de rosbife com uma mistura de 4 tipos de queijos fundidos, além de rodelas de tomate e pepino em conserva. E pra ficar melhor ainda, vá no restaurante tradicional, no Largo do Paissandu.

http://www.pontochic.com.br/

E isso é só um pouco do que podemos fazer nessa cidade tão cheia de opções! Vale a pena pesquisar os bairros, que sempre reservam muitas surpresas, principalmente gastronômicas! As exposições do momento, as opções de diversão nos parques e claro, tudo o que acontece no Sesc, que sempre tem ótimas opções de shows!

0 comentários

Buenos Aires: conhecendo o Palacio Barolo

19 de maio de 2015

Uma das coisas que mais amo é desbravar cidades e conhecer lugares não tão explorados. E é isso que busco fazer a cada visita à Buenos Aires, que é uma cidade cheia de cultura e locais ocultos. Na minha última ida, em 2013, ir ao Palacio Barolo já estava nos meus planos, mas por não ter marcado nem planejado muito bem a viagem, isso ficou de lado. Mas nessa ida, só percorri locais que até então, só estavam na minha lista.

Buenos Aires: Palacio Barolo

O Palacio Barolo fica no centro de Buenos Aires, na já conhecida Av. de Mayo, muito próximo ao Palacio Del Congresso. E é engraçado como a maioria das pessoas nunca ouviram falar dele, e passam durante dias na frente sem ao menos reparar na sua bela arquitetura.

História

O empresário Luigi Barolo encomendou sua construção ao arquiteto italiano Mario Palanti, em 1918 e ambos eram fascinadas pela obra A Divina Comédia, escrita por Dante Alighieri. Sua construção é feita em tempo recorde para a época, sendo entregue e inaugurado em 1923. Além disso, foi considerado o prédio mais alto da América do Sul até 1935, quando o Edifício Kavanagh foi inaugurado, e que também fica em Buenos Aires. Além disso, o Palacio Barolo foi o primeiro construído de concreto armado e que em sua cúpula há um farol giratório de 300.00 velas. Em 1997, ele foi declaro Monumento Histórico Nacional.

Buenos Aires: Palacio Barolo

Buenos Aires: Palacio Barolo

A Divina Comédia

Quem já leu o livro, e participa da visita guiada, vai entendendo como ambos estão tão ligados, pois a arquitetura do Palacio é cheia de referência a obra de Alighieri, começando pelo fato da divisão geral do projeto ser em três partes, que correspondem ao inferno, ao purgatório e ao céu. No caso da divisão, o térreo é o inferno, os 14 andares acima são o purgatório e a parte mais estreita, que chega ao farol, o céu, sendo esse, Deus.

Na parte térrea, há arcadas decoradas com gárgulas e citações em latim, algumas retiradas da Bíblia e outras de Virgílio, escritor de Eneida, e no meio do hall uma pequena estátua de condor, representando Dante e sua ascensão ao paraíso.

E não para por aí, o prédio tem exatos 100m de altura, o mesmo número de cantos da obra, e um total de 22 andares, cada um com 22 escritórios, mesmo número de estrofes dos versos da obra. Como se nada bastasse, o Palacio Barolo foi inaugura no dia 7 de julho, aniversário de Dante Alighieri.

Buenos Aires: Palacio Barolo

Buenos Aires: Palacio Barolo

Buenos Aires: Palacio Barolo

Buenos Aires: Palacio Barolo

Visita Guiada

Para conhecer o prédio é necessário participar da visita guiada. Elas são realizadas em diversos horários durante a semana, e eu optei por ir na de sábado às 17h, por conta do sol mais baixo, quase na hora do pôr-do-sol. Durante a visita, que dura em média 45min, são contatas as histórias do prédio, enquanto percorremos alguns andares. Começamos pelo térreo, vamos ao 4º andar e subimos ao 20º e depois até o farol. É de tirar o fôlego! Para turistas o ingresso sai por $175 pesos argentinos.

Do alto do farol temos uma vista de 360º de Buenos Aires, porém, dá medo! É tudo rodeado de vidros e não podemos nos apoiar eles, por isso, na beirada tem uma almofadinha para sentar e observar, é lindo demais, porém as fotos saem com aspecto sujinho por conta dos vidros!

Buenos Aires: Palacio Barolo

Para se ter uma ideia, eu era a única turista na visita que participei, o restante eram argentinos indo conhecer um de seus patrimônios mais incríveis (minha opinião!), não é lindo? O tour é feito todo em espanhol, e se precisar, em inglês. Aproveitei muito e treinei meu espanhol até dizer chega!

As visitas podem ser agendados pelo site, onde tem todas as infos de horários e tour que eles fazem. tem um noturno que também quero fazer e agora, um fotográfico!

Mais posts de Buenos Aires aqui.

Acompanhe o ShopaholicInstagram | Fanpage | Twitter

2 comentários
1 2 3 7