Meus 5 livros de moda favoritos

Meus 5 livros de moda favoritos

Cultura ler o post completo
5 aplicativos essenciais para viajantes

5 aplicativos essenciais para viajantes

Viagem ler o post completo
Netflix: usando mais e melhor

Netflix: usando mais e melhor

Cultura ler o post completo

Viagem

Moda & Beleza

Carreira & Finanças

Entrevista: Cris Arcangeli

01 de julho de 2009

Shopaholic está estreiando uma nova categoria: entrevista. Serão sempre entrevistas relacionadas à moda. E para começar, nada melhor do que entrevistar alguém que está há muito tempo na área, e que além de moda entende de beleza! Estou falando de Cris Arcangeli, criadora da Phytoervas e da PH Arcagili, além de escrever para muitos revistas da área e ter livros publicados.

De onde surgiu a idéia de criar a Phytoervas?

Ah, eu adoro lembrar essa história. Eu era dentista e me especializei em homeopatia. Acredita que eu fazia tratamento de canal com homeopatia? Isso era muito novo. Pesquisei tanto este assunto, mas parei um tempo para ter minha primeira filha e não quis mais voltar. Decidi mudar o que estava fazendo e a partir daí, lá vem história. Eu sempre tive problemas para cuidar do cabelo. Nossa, é difícil, né? Quando eles são mais rebeldes dão trabalho. Eu pensava em usar cosméticos naturais e com o perfil para resolver o meu problema. Na época, Natura e O Boticário estavam apenas começando, gente. Não era como hoje que encontramos de tudo e existe a escova progressiva! Bom, vamos adiante. Decidi criar uma marca e fazer shampoos, só que eu não sabia nada, absolutamente nada sobre o assunto. Coloquei anúncio no jornal procurando um químico e consegui contratar um. A gente montou um pequeno laboratório dentro de uma concessionária de carros, rs! Ai, de pensar que tudo começou assim… Só que o químico não entendia nada do que eu dizia. Aí, uma das pessoas que eu tinha entrevistado me procurou e resolvemos trabalhar juntas. Ela trabalhava em uma fábrica de cosméticos na Vila Olímpia (SP). Calma, gente. Não a V.O. de hoje. Uma V.O. da década de 80 um pouco decadente. Então, essa química disse que os donos iriam vender o negócio, que se resumia a uma batedeira de padaria para misturar o shampoo e um sargento aposentado que pilotava a máquina. Vendi minha cadeira de dentista por US$ 16 mil e comprei o negócio. Ali, o que importava eram os registros na ANVISA porque demoraria muito para eu conseguir isso. Arrumei uma equipe (formada basicamente por conhecidos) e começamos. Eu que ia vender no começo. Participava de todos os processos, ia na Mesbla, no Mappin… tudo. Mas acho que vocês não se lembram bem desta época. Fiz tantas linhas de cosméticos, passei por todas as crises econômicas e superei tudo. Valeu muito a pena.

Como você percebeu que os brasileiros tinham interesse nos produtos de beleza internacionais?

Eu comecei a trazer os produtos importados porque queria uma linha com ingredientes naturais para complementar o trabalho que eu fazia na Phytoervas. A primeira marca que me veio à cabeça foi a Clarins. Como o Brasil abriu a importação, fui atrás deles e fechei o negócio! Nossa, deu trabalho porque não era comum isso. A Ph foi pioneira. A gente tinha que ganhar confiança dessas marcas tão exigentes. No final de alguns anos, trabalhos com 28 marcas!!!!!! Legal, né? Naquela época, o país mudou muito, cresceu, abriu a economia…. foi um período de muitas novidades.

Você sempre faz coisas relacionadas ao ramo da beleza, seja com produtos, editoriais ou livros. De onde surgiu essa paixão?

Ah, eu adoooooro este assunto. Falar de beleza pra mim é incrível. Descobrir as coisas deste universo…. e eu só faço o que gosto. Então, ainda bem que essa mania virou profissão.

O que tem na sua nécessaire? O que não pode faltar de jeito nenhum no seu make?

Uma das coisas principais é bom filtro solar. E nessa correria do dia-a-dia opto por um 3 em 1 com base, anti-rugas e FPS. Sempre alterno as marcas, mas atualmente uso um Lâncome incrível, estou apaixonada por ele! Também adoro um batom cor-de-boca e máscara de cílios.

Qual a sua relação com a moda?

Minha história com a moda começou com o Phytoervas Fashion. A gente fez uma seleçao com  estudantes de moda .Eles enviavam seus projetos e um júri escolhía os melhores e eles participavam da festa. O Walter Rodrigues, Alexandre Herchcovitch e o Fause Haten foram os primeiros a participar. Só depois que virou o Phytoervas Fashion que vcs conhecem e passamos a mostrar ainda mais estilistas, 9 a cada ediçao. Naquela época, quase não se falava dos estilistas brasileiros. Quis conhecê-los e investir porque a intenção era criar perfumes com a assinatura dos nossos estilistas, como todo mundo na Europa fazia. Só que para isso eles precisavam ficar famosos e se profissionalizar ainda mais. Quando aconteceu o Phytoervas Fashion a gente não esperava mais edições, só que foi um sucesso tão grande e todo mundo adorou estar ali. Não me controlei. No encerramento, agradeci todo mundo e disse: até a próxima!!! E foi assim.  Eu tenho tanto material desta época. Olho as fotos e vídeos e vejo o comecinho de todo mundo que hoje já tem marcas consolidadas. Fico super feliz e acompanho de perto o trabalho deles porque participei de alguma forma.

Por último e não menos importante: qual sua principal dica de beleza?

Puxa, são várias dicas. Beber muita água ajuda mesmo, viu? Mantém a gente hidratada e evita retenção de líquidos. E eu adoro musculação. Deixe o corpo ótimo e acelera o metabolismo.

Espero que tenham gosta da entrevista! E não deixem de conferir o site dela e partipar da promo MARA que tá rolando na coluna Nem Te Conto! O prêmio é um óculos Chanel!

assinatura

3 comentários

Comente com Facebook

Deixe seu comentário

3 Comentários

  • ferivo
    abr 19, 2010

    :wink::cry::eek::shock::neutral::mrgreen::oops::wink::question::!::idea::arrow::sad::mad:

  • Cris Arcangeli
    jul 03, 2009

    :smile::smile::smile::smile::smile::lol::!:

  • Cris Arcangeli
    jul 03, 2009

    OI Mari
    Muito obrigada pelo carinho e pelo espaço que vc dedicou ao meu trabalho .
    Fico muito feliz em poder ficar mais perto de vc e do seu publico!
    O que precisarem de mim estarei por aqui ,ok?
    um beijo
    Cris