Meus 5 livros de moda favoritos

Meus 5 livros de moda favoritos

Cultura ler o post completo
5 aplicativos essenciais para viajantes

5 aplicativos essenciais para viajantes

Viagem ler o post completo
Netflix: usando mais e melhor

Netflix: usando mais e melhor

Cultura ler o post completo

Viagem

Moda & Beleza

Carreira & Finanças

Cinema: Meia-Noite em Paris

23 de junho de 2011

Se existe um diretor que eu gosto muito é Woody Allen, já vi praticamente todos os filmes, e um dia terei todos em minha coleção. E quando vi o anúncio deste filme, tive a certeza de que iria amar, afinal, juntou coisas que eu amo como arte, literatura e Paris (apesar de ainda não conhecer a cidade luz).

Sinopse

Gil (Owen Wilson) sempre idolatrou os grandes escritores americanos e quis ser como eles. A vida lhe levou a trabalhar como roteirista em Hollywood, o que se por um lado fez com que fosse muito bem remunerado, por outro lhe rendeu uma boa dose de frustração. Agora ele está prestes a ir para Paris ao lado de sua noiva, Inez (Rachel McAdams), e dos pais dela, John (Kurt Fuller) e Helen (Mimi Kennedy). John irá à cidade para fechar um grande negócio e não se preocupa nem um pouco em esconder sua desaprovação pelo futuro genro. Estar em Paris faz com que Gil volte a se questionar sobre os rumos de sua vida, desencadeando o velho sonho de se tornar um escritor reconhecido.

O que eu achei

O filme tem elementos que não são comentados na sinopse, o que eu achei maravilhoso, afinal,  que Paris tem de tão especial a meia-noite? Na verdade, Gil ama os anos 1920 de Paris quando F. Scott Fiztgerald, Ernest Hemingway e Pablo Picasso circulavam por ateliês e cafés da cidade, até eu queria viver nessa época! E eis que de repente é isso o que acontece com Gil, ele sai andando pela cidade, já que a chata e mimada da sua noiva prefere andar de carro ao invés de apreciar Paris à noite. E nisso, quando os sinos da cidade badalam pela meia-noite, surge um carro dos anos 20 e ele é transportado para o passado, onde toda a história acontece e ele se conecta com os grandes mestres e volta a sonhar em ser um escritor reconhecido. Allen consegue fazer algo que poucos conseguem, misturar realidade, sonho, presente e passado de maneira tão fantástica. E preciso dizer que amei a interpretação do Owen Wilsen no filme!

Li uma crítica incrível no Omelete, vale a pena ler e entender mais sobre o filme e as conexões que Allen faz da arte, dos americanos e com outros filmes!

Agora, se você não gosta de arte, ou não sabe quem são Picasso, Matisse, Roudin, Hemingway e outros, talvez não entenda o filme e tudo o que ele quer mostrar, mas vale a pena ver, afinal Paris é incrível, e as imagens belíssimas!



5 comentários

Comente com Facebook

Deixe seu comentário

5 Comentários

  • Flavia Lins
    jun 26, 2011

    Eu tive o prazer de assistir agora no feriado,é maravilho,filme e uma grata suspresa, alem da garantia de boas risadas.Simplesmente eu amei, ate o meu namorado que foi assitir apenas por que eu queria adorou o filme.

  • Mari Trigo
    jun 24, 2011

    Idem, achei esse poster incrível e MUITO mais a ver com o filme, esse que estão usando é muito nada a ver!

  • Mari Trigo
    jun 24, 2011

    Hahahahahaha! Acabei de ver X-Men e adorei, super vale a pena!

    Bjs

  • Mary
    jun 24, 2011

    Agora fiquei curiosa para ver esse filme!
    Vi em cartaz no cinema mas só pensava em ver X-men ;b

    bjo

  • Narda
    jun 23, 2011

    Ok, ok, Woody Allen conseguiu me deixar curiosa pra ver um filme dele.
    Uma coisa que não curti foi não terem usado esse poster do filme aqui no Brasil.
    Pelo que li, tem tudo a ver com a arte do filme não?
    Bjs