Meus 5 livros de moda favoritos

Meus 5 livros de moda favoritos

Cultura ler o post completo
5 aplicativos essenciais para viajantes

5 aplicativos essenciais para viajantes

Viagem ler o post completo
Netflix: usando mais e melhor

Netflix: usando mais e melhor

Cultura ler o post completo

Viagem

Moda & Beleza

Carreira & Finanças

Cinema: Lucy

01 de setembro de 2014

O filme Lucy, novo longa de Scarlett Johansson tem dado o que falar! Confesso que sou um pouco suspeita, pois adoro os filmes do Luc Besson, que já dirigiu, escreveu e produziu filmes como A Imensidão Azul, O Quinto Elemento e Nikita, sem contar na minha paixão por ficção científica! O filme estreiou na última quinta e é o grande destaque nas estreias dessa semana aqui no Brasil.

Li muitas coisas sobre o filme, de a protagonista ter super poderes até ser uma mulher geneticamente modificada! E sempre fico pensando se não entendem que é uma ficção científica de Luc Besson, que tende a exagerar em algumas coisas, ou simplesmente nem se deram ao trabalho de ver ao filme!

Cinema: Lucy

O filme conta a história de Lucy, uma garota americana que mora em Taiwan, não dá para entender sua profissão, mas ela acaba sendo obrigada por um amigo, que algema uma maleta em seu pulso, a entregar a mesma para um, digamos, mafioso chinês. E é a partir disso que toda a história começa a acontecer.

Com um certo medo do conteúdo, o mafioso dá a ela o código da mala, e acaba por revelar o conteúdo: uma nova droga sintética, que tem os mesmos princípios ativos de um hormônio produzido durante a gestação e que age no desenvolvimento do feto. Mesmo sem aceitar e entender o que acontece, Lucy acaba se tornando uma mula, para levar a droga à Europa, mais precisamente para Paris. Com um pacote da drogas dentro do seu corpo, ela acaba sendo agredida por um cara, o que faz com que o pacote estoure dentro dela, e o conteúdo caia em sua circulação sanguínea.

E é a partir disso, que começa a parte da teoria sobre o quanto usamos do nosso cérebro, história contata no filme através de um cientista, vivido por Morgan Freeman, que diz usarmos somente cerca de 10%, enquando golfinhos, os seres mais inteligentes, usam 20%. Começam as partes mais loucas do filme, as vezes um tanto absurdas, já que Lucy começa a usar mais do seu cérebro, e não para algo bom, mas sim para acabar com quem começou tudo isso. As cenas são visualmente incríveis, e tem todo o toque do diretor, com muita ação, tiroteios e sangue.

Gostei muito do filme, que diverte e ao mesmo tempo faz a gente pensar um pouco mais na nossa própria capacidade.

Acompanhe o ShopaholicInstagram | Fanpage | Twitter

2 comentários

Comente com Facebook

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Mari Trigo
    set 02, 2014

    Tô louca pra ver esse do tornado!!! Mas agora q vai entrar na segunda semana, deve ficar mais fácil conseguir ver Lucy!

  • Mica Lopes
    set 01, 2014

    Eu fui até o Bourbon para ver esse filme, mas a sessão do Imax estava LOTADAAAA!!!
    Acabei assistindo “No Olho do Tornado” (muito bom). Mas estamos tentando assistir Lucy ainda.
    Bju bju