Meus 5 livros de moda favoritos

Meus 5 livros de moda favoritos

Cultura ler o post completo
5 aplicativos essenciais para viajantes

5 aplicativos essenciais para viajantes

Viagem ler o post completo
Netflix: usando mais e melhor

Netflix: usando mais e melhor

Cultura ler o post completo

Viagem

Moda & Beleza

Carreira & Finanças

Categoria: Carreira & Finanças

Como funciona um Coworking?

07 de abril de 2017

Muito se tem falado sobre coworking, e a cada saída por aí, vemos mais espaços como esse sendo abertos. Sabemos que muitas das grandes empresas foram criadas dentro de garagens, e que cada vez mais pessoas trabalham home office em alguns dias da semana.

E hoje sabemos que trabalhar de um coworking trás muitas vantagens: espaços estruturados, custos muito menores, networking… mas você sabe exatamente como funciona, todas as possibilidades, e o principal, ele vale a pena para você?

Como funciona um coworking?

O que é um coworking?

É uma nova forma de ambiente de trabalho, onde as pessoas dividem um mesmo espaço. Com tantas startups e o número de freelancer crescendo a cad dia, é preciso ter um espaço com infraestrutura mas que você não fique isolado como num home office e nem tem distrações desnecessárias como em cafés.

No site CoworkingBrasil é possível encontrar uma lista de locais em diversos estados. É preciso pesquisar bastante para encontrar locais que funcionem para você.

Quem é freelancer, indico 3 locais ótimos e gratuitos: Campus São Paulo – é do Google e além de dois andares de coworking, ainda há outros com startups selecionados por eles, e vale ficar de olho nos eventos! CCSP – fique ao lado da estação Vergueiro, e fui muito lá ainda na época da faculdade, há muitas mesas e internet pública gratuita. Biblioteca Mário de Andrade – é linda, com mesas e wi-fi, vale a pena conhecer.

Os cafés continuam sendo muito úteis, e vale procurar por eles, já que muitos se preparam para receber quem deseja um espaço para trabalhar, com ótimos cafés, comida e claro, wi-fi!

Como funciona?

Existem diversos tipos de coworking: pagos, gratuitos, onde você pode receber clientes, com sala de reunião. É preciso pesquisar e saber o que se enquadra melhor ao seu estilo, por isso, a pesquisa é fundamental, mas claro, vamos a algumas dicas.

Freelancer: se você não costuma receber clientes, vale procurar por locais gratuitos. Existem alguns e são concorridos, por isso é bom se informar de todos os detalhes e chegar cedo. Quando não é possível, eu sempre recorro ao bom e velho café!

Startup: se você tem um pequeno negócio, uma equipe e recebe cliente e investidores, vale a pena alugar um espaço físico dentro de um coworking. É uma opção melhor que escritório, pois os gastos são bem reduzidos, já que todo mundo paga um pouco da conta, e você ainda tem toda a estrutura necessária!

Vale à pena?

MUITO. São locais com pessoas que querem fazer cada vez mais, fazer diferente, mudar o mundo. É inspirador. É ter isso em volta, só dá mais vontade de fazer nossa ideia acontecer!

Os custos mais baixos ajudam quem está começando, você conhece outras pessoas, encontrar possíveis contatos e até colegas de trabalho.

Pesquise, conheça vários locais, prove todos os cafés. Faça uma lista dos locais que mais gostar e vá neles sempre que precisar de inspiração, um local calmo para pensar e fazer acontecer. Vale a pena!

Tags:
0 comentários

Branding Pessoal: a marca chamada você

24 de março de 2017

Ano passado tive a oportunidade de participar de um workshop incrível da Ale Garattoni, com foco em Branding Pessoal. Foi uma tarde toda absorvendo informações valiosas de como é importante cuidarmos da nossa própria imagem, como pessoa física.

É engraçado que sempre pensamos em branding somente quando se trata de empresas, de que ele serve para fazer a gestão da marca, melhorar a imagem e coisas assim. Mas o fato, é que com um mercado cada vez mais competitivo, é importante cuidar e fortalecer a nossa própria imagem. E isso vale para todo tipo de profissional, de funcionários à autônomos.

Mas como ele pode fazer diferença para você? Simples. Uma estratégia bem construída te trará mais jobs, melhores convites profissionais, dinheiro e sucesso.

Auto-análise

É importante começar se auto avaliando. Quais são seus pontos forte e fracos? O que você faz que te torna diferente? Como você se comunica? O que seja comunicar? É importante saber qual sua missão e ter objetivos claros de como chegar a onde se quer.

Sua imagem

É fato, a primeira impressão é a que fica, por isso é importante que ela seja a melhor possível. É importante cuidar da aparência e do estilo, pode parecer superficial, mas não é. Cuide também do tom de voz, da linguagem corporal, da sua postura, tudo é importante para se comunicar da melhor maneira possível, e passar a imagem que deseja.

Mídias Sociais

É preciso utilizar elas a seu favor, e por isso nunca se esqueça de que você é o único responsável pelo que posta. Cuidado com exageros, use a gramática correta, e lembre-se, você não precisa opinar sobre tudo o que acontece.

Invista em você

Nunca se esqueça de você. Sempre separe uma parte dos seus ganhos e invista em mais conhecimento, e novos equipamentos, ou o que que você deseje. Fiz um post com várias dicas de cursos, e vale olhar ele e se inspirar. E lembre-se, invista não só na parte técnica, mas também no que te inspira, isso vai fazer a diferença.

Comece agora!

Comece a trabalhar agora seu branding pessoal. Crie uma planilha de metas, verifique onde deseja investir, restabeleça contatos importantes – use o LinkedIn de forma inteligente -, reorganize suas mídias sociais, frequente eventos da sua área, monte um plano.

Esse workshop mudou muita coisa pra mim, e a Ale em breve vai estrear seu novo formato – fique de olho no blog dela para saber mais -, eu com certeza vou fazer novamente, pois o tema me fascina e eu vejo que com todas essas dicas, é possível alcançar metas, fazer diferente.

É importante acreditar na sua paixão, nos seus projetos. Usando técnicas de branding, planejando e tendo metas específicas e reais, é possível chegar aonde se deseja.

1 comentário

Invista no seu conhecimento!

03 de fevereiro de 2017

Se existe algo do qual eu não abro mão é estudar. Ampliar o conhecimento e manter a curiosidade sempre aguçada é essencial. Eu sou curiosa por natureza e quem me segue no instagram já deve ter percebido que eu realmente invisto nesse quesito. Só no ano passado, entre cursos, palestras e workshops foram 9, sem contar em todos os estudos e matérias especializadas que li. E nem todos foram pagos. Há muito conteúdo gratuito, seja presencial ou online.

É importante seguir sua curiosidade, a gente não vive só com o conhecimento profissional, aquele que precisamos no dia-a-dia para exercer o nosso trabalho. Eu tento cada vez mais levar uma vida mais criativa, e nunca tive medo de seguir minha curiosidade e intuição. Existem milhares de coisas que me fascinam, assuntos que nem sempre estão ligados à nossa profissão, mas que são importante para a pessoa que somos.

Para esse ano, já estou com uma lista de possibilidades – e essa é a dica, procure por cursos logo no início do ano, já veja valores e se programe, os gratuitos tem vagas preenchidas rapidamente! Eu separo os que vão me ajudar profissionalmente, afinal, conhecimento leva a gente a evoluir cada vez mais na carreira, e também aqueles que me ajudam a evoluir como pessoa, que agregam conhecimento cultural, espiritual, financeiro, político.

Invista no seu conhecimento!

Cursos online

Os cursos online ajudam muito pela praticidade. E não ignore canais, blogs e sites, existem alguns que são verdadeiras aulas! Mas lembre-se que é preciso se dedicar, não adianta só colocar o fone de ouvido, é preciso prestar atenção e anotar os pontos importantes.

Colab Social Media

Estou atualmente no final deste curso. Ele tem foco em Mídias Sociais e você tem 30 dias para visualizar todo o conteúdo, que é disponibilizado gratuitamente, e já adianto, o que não falta aqui é qualidade. São videos feitos com profissionais da área, além de disponibilizarem apostilas e materiais extras para download. Ótimo para quem quer se manter atualizado com o mercado digital e entender suas possibilidades.

O curso é oferecido pela Trespontos Brasil, uma plataforma sobre aprendizagem que engloba principalmente temas ligados ao universo digital. Inscreva-se aqui.

Curso de Inglês Mairo Vergara

Todo mundo sabe da necessidade de aprender inglês e esse é um investimento nem sempre muito barato. Desde que descobri o canal do Mairo, muita coisa mudou. Eu fiz anos de inglês e também um intercâmbio, mas não uso o idioma no meu dia-a-dia, e do ano passado para cá, tinha como objetivo voltar a estudar. Procurei algumas escolas, mas além de caro, não me dava aquela vontade de estudar. E o Mairo veio pra ajudar nisso, separo 1h do meu dia, de 2 a 3 vezes na semana e assisto os vídeos, tem me ajuda demais!

E para quem não sabe, esse mês terá a 7º Semana no Inglês, para quem quer dar uma melhorada e aprender o idioma. É gratuito e você só precisa se inscrever aqui.

Harvard

Isso mesmo! Você pode fazer um curso online e gratuito em uma das universidades mais prestigiadas do mundo. São diversos os temas: arte, arquitetura, direito, matemática, ciências. Vale a pena ver as turmas que estão começando e se inscrever.

Me Poupe

Esse não é um curso em si, mas tenho aprendido cada vez mais com os videos da Nath Arcuri. O canal e site Me Poupe ensina como se organizar financeiramente e a como começar a investir. Eu sempre fui relativamente boa nisso, mas a Nath me abriu para um novo mundo.

Vida Organizada

A Thais Godinho já é bem conhecida por quem é apaixonada por organização. De ler o Vida Organizada, aprendi muita coisa e passei a aplicar no meu dia-a-dia. Além do blog, ela tem diversos cursos online para quem quer aprender a se organizar cada vez melhor, vale a pena verificar as datas.

Cursos presenciais

Adoro os presenciais, principalmente para poder interagir com pessoas com o mesmo interesse! Existem diversas organizações que disponibilizam workshops e cursos gratuitamente, e outros locais com cursos de valor acessível.

Youtube

Você sabia que pode fazer um curso no Youtube Space? Pois é! Eu já fiz um, para quem ainda está somente com uma ideia e quer entender melhor o que a plataforma pode oferecer, e nesse em específico, você não precisa nem ter um canal. Foi uma tarde toda! E se você já tem canal e muitos inscritos, aproveite, tem muito curso incrível. Fique de olho na agenda pois são sempre poucas vagas!

Apple

As duas Apple Store no Brasil – São Paulo e Rio de Janeiro, possuem workshops e cursos para você aprender a usar cada vez melhor seu iPhone, Macbook e até os aplicativos. As vagas esgotam muito rápido, então fique de olho no site.

Museus

Está aí um lugar que pouca gente imagina procurar um curso! A maioria dos museus oferecem cursos ligados à arte, cinema e fotografia, e sempre com ótimos valores. Destaque para os cursos do MIS, MASP, Museu da Casa Brasileira e Museu de Arte Moderna.

AG Branding

Esse foi um dos cursos que mais amei fazer e os quais estão me ajudando muito. A Ale Garattoni promove encontros com 3 temas: Branding Pessoal, Branding para Empreendedores e Branding para Blogueiros. Fiz o primeiro e o último, e eles tem me ajudado muito a ir em busca do que quero para 2017. Fique de olho na agenda para saber quando e onde os cursos serão ministrados.

Livros

Os livros são fontes inesgotáveis de conhecimento. Muitos autores são especialistas em seus assuntos, e publicam verdadeiras aulas. Aqui tudo é válido. Descubra e pesquise quem são as referências nos seus assuntos favoritos! Sem contar naquele livros 1001 filmes para ver antes de morrer e coisas do gênero, são ótimas fontes de aprendizado!

Nunca se esqueça que toda forma de aprendizado vale a pena, e se existe algo que ninguém jamais pode tirar de você, é o conhecimento e as experiências que você adquire ao longo da vida. É o que vale a pena!

1 comentário
1 2 3 4 7