Cultura Viagem

    Aproveitando os feriados de 2017 em São Paulo

    Fazia tempos que não tínhamos um ano com tantos feriados prolongados! Ao todo são 10 feriados que deixarão o final de semana mais longo, e claro, com possibilidade de aproveitar esse tempo extra para viagens e até conhecer melhor a cidade!

    Aproveitando São Paulo nos feriados de 2017

    Tenha novas experiências!

    Escapar no final de semana é maravilhoso, mas conseguir aproveitar os feriados de 4 dias é ainda melhor! Em volta de grandes cidades sempre temos aqueles lugares que valem a pena a visita, principalmente pelas experiências que oferecem. No meu caso, sendo de São Paulo, existem diversas alternativas.

    Lavandário – Cunha/SP

    À cerca de 220km de São Paulo, fica Cunha, uma cidade entre o Vale do Paraíba e o Litoral. E o que poucos sabem, é que lá existem campos de plantação orgânica de Lavandula Dentata, além de mais outras espécies de lavanda, e que fica florido durante o ano todo.

    O local é dedicado a pesquisa, cultivo e preservação, além do desenvolvimento de produtos e destilação do óleo essencial. É possível fazer um passeio pelo espaço, conhecendo mais da história da lavanda, suas propriedades, e até plantar mudas, fazer a poda e acompanhar o processo de destilação.

    Verifique os dias em que o Lavandário está aberto e os valores.

    http://www.lavandario.com.br/

    Balonismo – Boituva/SP

    Quem nunca quis voar de balão? O passeio é bem conhecido no interior de SP, onde é preciso chegar bem cedo, as 6h, para ver tudo, do balão sendo inflado, até estar lá em cima para ver o nascer do sol.

    Não é dos passeios mais baratos, por isso vale pesquisar todas as empresas da região que disponibilizam o passeio. Mas de uma coisa temos certeza: é inesquecível!

    Templo Zu Lai – Cotia/SP

    Para quem quer um dia diferente, vale ir até Cotia e conhecer o templo budista Zu Lai. Fui há alguns anos atrás e é maravilhoso, vale para acompanhar as cerimônias, ver o lago e as estátuas e também aproveitar para um almoço leve.

    Eles tem programação durante o ano todo, por isso é importante verificar tudo no site antes de sair de casa, assim dá para planejar a melhor época para ir!

    http://www.templozulai.org.br/

    Conhecendo a cidade!

    Será que a gente conhece mesmo nossa cidade? Na correria do dia-a-dia deixamos muita coisa passar e nem percebemos, por isso, nada melhor do que aproveitar os dias extras para olhar com calma cada cantinho!

    Instituto Butantan

    Fui algumas vezes quando criança e sempre repito pra mim mesma que preciso voltar lá! Para quem não conhece, o Instituto Butantan é o principal produtor de imunobiológicos do Brasil, e responsável pela maior parte da produção nacional de soros hiperimunes e também de antígenos vacinais, em outros palavras vacinas e soros dos mais diversos tipos.

    Lá é possível visitar os museus – Emílio Ribas, Biológico, Microbiologia e Histório, bem como o serpentário, reptiliário e macacário. O local é enorme e fascinante! Dá para entender melhor as pesquisas, como tudo funciona, um passeio imperdível! Além disso, vale ficar de olho na programação, que inclusive conta com cursos.

    http://www.butantan.gov.br/

    Cinemateca Brasileira

    Um dos lugares que moram no meu coração! Amo cinema e esse é de longe um lugar que merece a visita. O local é responsável por preservar a produção audiovisual brasileira e o espaço já passou por maus momentos, de redução de incentivo financeiro à incêndios.

    Lá é possível ver clássicos do cinema (fique de olho na programação!), fazer piquenique na área aberta, consultar a biblioteca, um programa e tanto para os cinéfilos! Ah, e fique de olho para saber quando acontecem os festivais, como a Mostra Internacional de Cinema e Festival Internacional de Curta Metragens!

    http://www.cinemateca.gov.br/

    Planetário

    Ah, o planetário! Tive a imensa sorte de ir algumas vezes com a escola! Acho que foi ali que começou meu fascínio pelo céu, astros, planetas e claro, ficção científica, porque não?

    O Planetário Ibirapuera Prof. Aristóteles Orsini, é o primeiro do Brasil, construído em 1957, o prédio é patrimônio histórico, científico e cultural, e por incrível que parece, conheço muita gente que nem sabe de sua existência!

    O acesso é gratuíto e a senha deve ser retirada com 1h de antecedência, e a sessão tem cerca de 40min e é maravilhosa! Vale ficar de olho nas novidades e inclusive, saber mais sobre a Escola de Astrofísica que também fica no Parque do Ibirapuera.

    Bateu a fome?

    O que seria de São Paulo sem as comidas tão tradicionais? Seja no mercadão, nas cantinas do Bixiga ou no sanduíche de pernil do Estadão, por toda cidade é possível encontrar especialidades!

    Canoli no Juventus

    Não conheço ninguém que não ame os cannolis feito pelo Seu Antônio, e que são vendidos na Rua Javari, em frente ao Juventus, lá na Moóca! Vale a pena ir dar um passeio pelo tradicional bairro e dar um pulinho para experimentar essa maravilha!

    Bauru Tradicional

    Se você acha que o bauru tradicional é aquele pão com queijo e presunto, está completamente enganado! O tradicional feito no pão francês e que leva fatias finas de rosbife com uma mistura de 4 tipos de queijos fundidos, além de rodelas de tomate e pepino em conserva. E pra ficar melhor ainda, vá no restaurante tradicional, no Largo do Paissandu.

    http://www.pontochic.com.br/

    E isso é só um pouco do que podemos fazer nessa cidade tão cheia de opções! Vale a pena pesquisar os bairros, que sempre reservam muitas surpresas, principalmente gastronômicas! As exposições do momento, as opções de diversão nos parques e claro, tudo o que acontece no Sesc, que sempre tem ótimas opções de shows!

    Cultura

    5 TedTalks que você precisa assistir

    Eu adoro a plataforma TED, um jeito simples e eficaz de espalhar ideias. É engraçado pensar que só mais recentemente descobrimos a plataforma, mesmo ela existindo desde 1984 como um conferência. O fato é os talks poderosos e inspiradores passaram a fazer parte do dia-a-dia de muitas pessoas, inclusive da minha, já que vira e mexe costumo caçar alguma coisa no site, e melhor ainda, os temas são os mais diversos, o que ajuda e muito na hora de sair de um bloqueio criativo ou simplesmente pensar em coisas diferentes.

    Com o começo de ano, nada melhor do que se renovar, ter a oportunidade de repensar e fazer melhor, por isso separei 5 TED Talks que vão inspirar e motivar.

    1. Meu ano de dizer ‘SIM’ para tudo – Shonda Rhimes

    Acredito que todo mundo saiba quem é Shonda Rhimes, a responsável por Grey’s Anatomys, Scandal e How To Get Away With Murder. Ela é responsável por cerca de 70 horas de TV por temporada e ela ama trabalhar!

    Nessa palestra, que é comovente, ela fala como decidiu começar a dizer sim para mais coisas e como isso mudou a vida dela! Para quem não sabe, ela também lançou o livro com o mesmo nome.

    2. O poder da vulnerabilidade – Brené Brown

    Estudiosa da conexão humana, ou seja, Brene Brown estuda nossa habilidade de sentir empatia, pertencer e ama. Nessa palestra ela compartilha sua pesquisa que a levou numa busca pessoal para conhecer melhor a si mesma e entender a humanidade. É uma das minhas favoritas!

    3. Por que fazemos o que fazemos – Tony Robbins

    Acredito que muitos saibam quem é Tony Robbins, um coach muito conhecido, e que inclusive tem um documentário ótimo no Netflix! Nessa palestra ele fala sobre ‘forças invisíveis’ que motivam as nossas ações. Vale lembrar que diversas personalidades receberam seu treinamento: Bill Clinton, Princesa Diana, Anthony Hopkins entre outros.

    4. Sua linguagem corporal molda quem você é – Amy Cuddy

    A maneira como nos vemos e como as pessoas nos veêm é de grande importância, e isso pode ser aprimorado. Nessa palestra Amy Cuddy mostra como ‘fazer poses de poder’, para nos sentirmos mais confiantes, mesmo quando na verdade não nos sentimos assim, e isso pode afetar níveis de testosterona e cortisol no cérebro, impactando e muito a nossa vida.

    5. Experimente algo novo por 30 dias – Matt Cutts

    Sempre quis fazer algo e nunca realmente fez? Tenta fazer por 30 dias. Essa palestra é bem curtinha e um tanto divertida, e pode te ajudar a pensar melhor em como atingir seus objetivos.

    Pra mim é sempre difícil selecionar os preferidos, ainda mais em falando de TED, onde a quantidade de assuntos é tão gigantesca! Gosto de sempre ver quais as novidades! E vale lembrar que aqui no Brasil também temos esses talks, e vale ficar de olho na agenda do site para acompanhar tudo o que acontece por aqui.

    Pessoal

    Criando metas e objetivos para 2017

    Todo começo de ano é a mesma coisa, fazemos a listinha do que queremos no ano, nossas metas e desejos. Mas será que fazemos isso do jeito certo? Eu sou a louca das listas, amo de paixão, mas ano após ano, fui percebendo que ia deixando elas de lado. E o motivo? Eu nunca entendia bem o porque daqueles itens, muito menos me planejava para chegar ao objetivo.

    Com o tempo e cada dia mais tentando me tornar uma pessoa organizada, fui aprendendo técnicas para criar metas e objetivos, de maneira que fossem possíveis de serem concretizadas, e isso fez toda a diferença! A partir do momento que conseguimos visualizar o porque queremos alcançar aquele objetivo e principalmente que é preciso criar um passo-a-passo, que para se chegar ao final, temos as etapas.

    Metas e Objetivos 2017

    Para 2017 comecei a utilizar o Bullet Journal, que muito se tem falado pela internet. Esse é um método criado pelo Ryder Carroll, e que usa basicamente listas e bullets, porém de maneira muito mais organizada e eficaz. Resolvi utilizar esse método pelo fato de eu ter cadernos em branco sem utilizar e querer algo simples e eficaz, que me permitisse organizar melhor meus compromissos, tarefas e também o blog.

    Eu sempre fiz lista de tarefas, tanto no trabalho como para coisas pessoais, mas nunca de forma tão organizada! E é com ele que tenho conseguido entender que preciso finalizar um ponto de cada vez para chegar ao objetivo final, as tais metas e objetivos para 2017.

    Metas e Objetivos para 2017

    Assim como em todos os anos, coloquei num papel o que eu queria e mais do que isso, comecei a pensar no porque eu queria determinada coisa. Quando descobrimos o porque, fica muito mais fácil traçar um plano e conseguir, de fato, concretizar esse objetivo.

    Outra coisa, é separar as objetivos por tema: profissão, meio-ambiente, bem-estar, e por aí vai. Ajuda a ter foco e a não misturar tudo.

    Para esse ano os meus são bem simples, porém, coloquei o objetivo principal e o que posso fazer para alcançar, fiz isso na forma de tarefas, assim conforme for realizando algo é só ir colocando como concluído!

    Ou seja, o objetivo é o principal, e as metas é o que podemos fazer para alcançar esse objetivo. Mas é importante saber que as metas precisam ser reais, concretas e possíveis de serem concluídas.

    Mensalmente e no dia-a-dia

    Todos os meses tenho um média de 2 à 4 metas e todas relacionadas com o objetivo principal, e algumas com relação à planos que vão surgindo no meio do caminho. Isso ajuda a manter o foco e a ter uma perspectiva do que preciso fazer.

    No dia-a-dia são mais tarefas pequenas, de coisas que preciso resolver e que antes ficavam perdidas no meio de tanta coisa. É impressionante como o Bullet Journal em tão pouco tempo já me ajudou e muito.

    Por fim, é preciso entender que tudo precisa ser concreto e real, de nada adianta pensar em metas mirabolantes que são impossíveis de serem concluídas, é importante ter isso em menta para no final do ano não chegar e perceber que não conseguiu nada!